PADRÃO ÁGUIAS TOMA POSSE NO CONSELHO CONSULTIVO DO PARQUE ESTADUAL DOS TRÊS PICOS

Instituição considerada referência em Educação Ambiental contribuirá para o desenvolvimento da gestão participativa da Unidade de Conservação

Cumprindo a suas finalidades de atuar na defesa do meio ambiente e na preservação da integridade da vida, na manhã do dia 27 de agosto / 2020, o Padrão Águias da Aventura Objetiva, através da 2ª Brigada Verde, tomou posse como integrante do Conselho Consultivo do Parque Estadual dos Três Picos. O ato, realizado através de videoconferência foi conduzido pelo chefe do Serviço de Gestão Participativa, Raphael Logato, acompanhado pelos representantes do Poder Público e da Sociedade Civil.

Tomaram posse para o mandato de dois anos, os seguintes Órgãos e Instituições: Padrão Águias da Aventura Objetiva; Instituto Estadual do Ambiente – INEA; AMBEV S.A; Área de Proteção Ambiental da Bacia do Rio Macacu – APABM; Associação Comercial e Empresarial de Cachoeiras de Macacu – ACECAM; Associação Cultural Vale do Macacu; Associação de Amigos e Colaboradores do Parque Nacional da Serra dos Órgãos; Associação dos Cidadãos Voluntários para Disseminação de Ambiente de Proteção e Defesa de Animais Silvestres – SOS Vida Silvestre; Associação dos Moradores e Amigos do Vale da Revolta; Associação dos Pequenos Protetores Rurais da Comunidade de Baixada de Salinas; Centro de Estudos de Saúde do Projeto Papucaia – CESPP; Centro Universitário Serra dos Órgãos – UNIFESO; Concessionária Rio Teresópolis – CRT; Concessionária Rota 116 S.A; Conexão Explorer; Cooperativa de Eletrificação Rural Cachoeiras – Itaboraí – CERCI; Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural no Estado do Rio de Janeiro – EMATER-RIO; Federação de Esportes de Montanha do Estado do Rio de Janeiro – FEMERJ; Instituto de Estudos, Pesquisas e Ações Socioambientais – INEPAS; Instituto Oswaldo Cruz – FIOCRUZ (Laboratório Interdisciplinar de Vigilância Entomológica em Diptera e Hemiptera – LIVEDIH); Instituto Vital Brasil; Maraporã Cooperativa Agropecuária Industrial LTDA; Município de Cachoeiras de Macacu – Coordenadoria Municipal de Defesa Civil – Secretaria Municipal de Meio Ambiente; Município de Nova Friburgo – Secretaria Municipal de Meio Ambiente; Município de Silva Jardim – Secretaria Municipal de Meio Ambiente – SEMMA; Ordem dos Advogados do Brasil – 49ª subseção, Cachoeiras de Macacu (OAB/RJ); Pantharpia; Prefeitura Municipal de Guapimirim – Secretaria Municipal do Ambiente; Prefeitura Municipal de Teresópolis – Secretaria Municipal de Meio Ambiente;  Rede Brasilidade Solidária – RBS; Reserva Ecológica de Guapiaçu – REGUA; Teresópolis Convention & Visitors Bureau; Unidade de Polícia Ambiental do Parque Estadual dos Três Picos – 5ª UPAm Três Picos; Universidade Federal Fluminense – UFF e Organização Viva Rio.

A presidente do Conselho, Mayara Barroso de Faria, Chefe do Parque Estadual dos Três Picos falou da importância do Conselho e agradeceu o empenho de todas as Instituições para o fortalecimento da gestão Unidade. Andrei Veiga, Gerente de Unidades de Conservação, ressaltou a importância dos Conselhos para que a gestão seja eficaz, exemplificando a sua trajetória como gestor de unidades. O Expedicionista Guilherme Reis, da 2ª Brigada Verde (filial Nova Friburgo), representante do Padrão Águias falou da importância de ser Conselheiro, porque possibilita a interação dos órgãos com as Instituições, bem como da atualização das situações que acontecem no cotidiano, tanto em relação ao turismo e ao meio ambiente e, principalmente nos assuntos relacionados à preservação da natureza na região serrana. Guilherme ressaltou que o Parque dos Três Picos é uma importante Unidade de Conservação para defender a integridade da porção de Mata Atlântica, tão essencial à qualidade de vida e, principalmente por não permitir que agressões e invasões sejam realizadas em áreas naturais. O Conselheiro representante dos Águias ressalta o trabalho de integração entre as Instituições e Órgãos que compõem o Conselho, cujas ações coadunam com as finalidades dos Águias. O Mestre dos Águias, Avt 1º Mestre Cleiton Pimentel destacou o engajamento de todas as instituições que compõem o Conselho e enalteceu o comprometimento da atual gestão do Parque em lidar com as questões da Unidade, mesmo no momento crítico em que estamos vivendo, por conta da pandemia do novo Coronavírus.

O Conselho Consultivo do Parque Estadual dos Três Picos é a instância de controle social que auxilia a gestão da Unidade de Conservação na tomada de decisão estratégica para a manutenção da biodiversidade no Estado do Rio de Janeiro. Formado por órgãos públicos, instituições de pesquisa e entidades da sociedade civil interessadas na adequada implantação e gestão das unidades de conservação, o Conselho é um importante espaço de discussão e debates que aproxima e aprimora a gestão pública de forma inteligente e participativa.

Parabéns a todos pela nobre empreitada em benefício da conservação do bem que é de todos.

MATÉRIA: CEDIR / PAAO (CECP)   –   FOTOS:   DIVULGAÇÃO

CENTRO DE ESTATÍSTICA, DOCUMENTÁRIO, INFORMAÇÃO E REGISTRO
Todas as matérias estão sob a responsabilidade de Cleiton Evandro Corrêa Pimentel (CECP) – Reg. Profissional Jornalista – Min Trab nº 0039699/RJ

Deixe uma resposta

quatro + três =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.